O QueroFicarRico se mudou!

Você será redirecionado em 6 segundos. Caso contrário, visite
http://queroficarrico.com/blog/
e atualize seus favoritos.

sexta-feira, 25 de abril de 2008

E SE A CORRETORA QUEBRAR?

E se a corretora quebrar? Minhas ações perdem o valor? Meu dinheiro some? O que acontece?
Essas são algumas das principais dúvidas que é preciso esclarecer antes de começar a investir. De antemão, é preciso saber que o risco de uma corretora quebrar é muito pequeno, principalmente aquelas que são bem reconhecidas no mercado. Por isso, procure sempre informar-se sobre o histórico de uma corretora antes de optar por depositar o seu valioso dinheirinho nela.

(...) vamos esclarecer um ponto. Quem desejar adquirir ações, não adianta ir até a Bovespa e bater na porta pedindo pra comprar. Isso só pode ser feito por meio de uma corretora.
Marcos Costa, colunista da sessão dinheiro do Paulinia News.

A corretora funciona parecido com um banco: detém o seu dinheiro até que você transforme esse dinheiro em ações. Para fazer isso, basta dar as ordens, o que normalmente é feito através de um sistema de Home Broker. Se você depositou em um fundo ou clube de investimento, nem precisa ordenar nada, o administrador do seu fundo/clube é quem faz isso por você.

E a semelhança não pára por aí. As corretoras, assim como os bancos, sobrevivem de taxas e mais taxas sobre as suas operações. E melhor ainda, elas não emprestam dinheiro! Portanto, naturalmente, é mais difícil uma corretora quebrar do que um banco fechar. Qual foi o último caso que você ouviu falar?

Uma vez comprada uma ação, pra onde vai o meu dinheiro?

O seu dinheiro, na prática, vai para quem lhe vendeu as ações. Então, existe uma empresa independente chamada de Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia (CBLC), que guarda todos os registros de propriedades de ações. Esta empresa, por ser independente, não sofre com qualquer problema que uma corretora ou a própria Bovespa venha a passar.

Então, cada cliente que negociou uma ação, também tem uma conta na CBLC e pode conferir o extrato de sua custodia, pela internet, utilizando seu login e senha.

Normalmente, os investidores fazem isso utilizando o site da corretora. Mas, se você etiver inseguro, pode checar diretamente na CBLC. Quando alguém tem ações em custodia, recebe mensalmente, em sua casa, um extrato da CBLC, com o saldo das ações em seu nome.

Quando compra uma ação você está correndo o risco da empresa que emitiu a ação. Você passa a ser sócio da empresa e não da corretora. A corretora serve apenas como um instrumento para você comprar e vender suas ações na Bolsa. Portanto, se a corretora fechar, não perdemos o que temos em ações pois as ações estão em nosso nome. No caso de fundos/clubes, as ações estão no nome de uma sociedade da qual você tem uma participação proporcional à sua quantidade de quotas.




3 comentários:

Miguel disse...

Caro César,
Quando compro cotas de um fundo de investimentos através de uma corretora, estas não ficam na CBLC, certo? Neste caso, o que aconteceria no caso de a corretora quebrar (mesmo sendo improvável)?
Miguel

Marco Antonio disse...

Boa Noite, também é importante citar que se a corretora quebrar, o dinheiro que o investidor tem na conta parado não tem garantia nenhuma...

Rafael Seabra disse...

Miguel: as cotas existem para controlar quanto cada membro do fundo possui do patrimônio total. As ações compradas ficam em nome do fundo, que deve ser uma pessoa jurídica. Se a corretora quebrar, as ações desse fundo continuam sob propriedade dos cotistas.

Marco Antônio: Você está correto. A disponibilidade financeira do fundo [montante ainda não utilizado] não está garantido. Como também não necessariamente estão as ações, visto que o gestor do fundo pode vendê-las a qualquer momento. Mas isso também é pouco provável que aconteça.

Valeu pela participação!