O QueroFicarRico se mudou!

Você será redirecionado em 6 segundos. Caso contrário, visite
http://queroficarrico.com/blog/
e atualize seus favoritos.

quinta-feira, 5 de junho de 2008

AÇÕES DA ETERNIT DESABAM APÓS DECISÃO DO STF

As ações ordinárias da Eternit despencavam 30,6%, a R$ 7,26 na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). O movimento seguia-se à decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de quarta-feira à noite, que restabeleceu a proibição do uso de produtos de amianto no Estado de São Paulo.

O amianto crisotila é utilizado pela companhia para a fabricação de telhas e caixas d´água, alguns de seus principais produtos.

Em nota, a Eternit informou que a decisão do STF diz respeito apenas a uma liminar e não sobre o mérito da questão.

O uso do amianto é banido em dezenas de países devido a estudos que apontam que o material pode causar câncer.

A empresa alega que ainda não há comprovação, por parte da Organização Mundial da Saúde (OMS), de que doenças tenham sido causadas no Brasil pelo uso do material.

***

A conclusão é que, na dúvida, é melhor previnir do que remediar. Tanto nos investimentos quanto na compra de telhas :)



2 comentários:

Anônimo disse...

Há uma confusão, o uso de telhas de amianto não causa câncer, mas exposição a poeira das telhas no momento da produção causa asbestose nos trabalhadores.http://pt.wikipedia.org/wiki/Asbestose

Chico disse...

Além de asbestose a exposição às fibras de crisotila está relacionada a derrame pleural, placas pleurais, espessamento
pleural difuso, atelectasia redonda, câncer
pulmonar (tipo adenocarcinoma) e mesotelioma maligno de pleura. Não houve confusão por parte do autor, ele apenas aplicou o princípio da precaução quando colocou a questão da escolha das telhas. Afinal a literatura mostra que uma parte dos casos de doença asbesto-relacionadas não ocorre em trabalhadores da indústria de produtos de amianto.