O QueroFicarRico se mudou!

Você será redirecionado em 6 segundos. Caso contrário, visite
http://queroficarrico.com/blog/
e atualize seus favoritos.

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

TÓPICO 09: PRECISAMOS ACERTAR MUITO POUCO

Precisamos acertar pouco, contanto que limitemos nossos erros. Uma grande vantagem no mercado de ações é que podemos "ilimitar" nossos ganhos e limitar nossas perdas. No momento em que compramos ações, já podemos (ou até devemos) estabelecer um ponto de saída, caso as coisas dêem errado.

Outro ponto importante é não insistir numa determinada ação, quando ela não estiver indo bem, até que você recupere o que investiu. Por isso que é importante determinar um ponto de saída e segui-lo a risca. Admita que errou, saia e haverá o momento de recuperar seu investimento em outra empresa.

Existem vários relatos em que investidores que insistiram num determinado investimento, mesmo quando eles sabiam que deviam sair, e perderam muito dinheiro. O livro Axiomas de Zurique diz que: "Quando o barco começar a afundar, não reze. Abandone-o". Ainda nesse livro, o autor fala que é importante "aceitar as pequenas perdas com um sorriso, como fatos da vida. Conte incorrer em várias, enquanto espera um grande ganho".


2 comentários:

David disse...

Olá Rafael, fiquei surpreso por você mencionar os axiomas de Zurique pois não conheço pessoalmente ninguém que os tenha lido.
O que acha deles? Concorda com a idéia geral dos axiomas? Às vezes seria interessante fazer um post sobre isso... Se o autor do livro realmente estiver dizendo a verdade, é mesmo surpreendente que um país como a Suíça, que não tem absolutamente nada de atrativo em seu território, tenha se desenvolvido tanto social e economicamente.

Rafael Seabra disse...

Olá David,

Eu li o livro e, apesar de não concordar com todos os axiomas, acho-os interessante e aparentemente já foi testado por algumas pessoas e deu certo. Por isso, acho uma leitura interessante.

Já o seu comentário sobre a Suiça é curioso, pois o livro inicia assim: "Vejam o quebra-cabeça que é a Suíça. Essa minha terra ancestral é um lugarejo pedrento, com uma área menor que o Rio de Janeiro. Não tem um centímetro de litoral. É uma das terras mais pobres em minerais que se conhece. Não tem uma gota de petróleo que possa chamar de sua, e mal consegue um saco de carvão. Quanto à agricultura, o clima e a topografia são inóspitos a quase tudo. Há trezentos anos a Suíça fica fora das guerras européias, principalmente porque, nesse tempo todo, não apareceu um invasor que realmente a quisesse. Com tudo isso, os suíços estão entre as pessoas mais ricas do mundo". E por aí vai :)